Top Blog

Top Blog

Top Blog
Awards!

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Um Léxico Pacificador: Boa Ideia!

Tenho uma amiga virtual mais ou menos recente que compartilhou em seu blog uma experiência pedagógica.

Chamou-me a atenção o tremendo interesse lexicográfico ali implícito. A ideia, de nobre propósito, é facilmente aplicável e tem ótimos resultados a médio e longo prazo. Entendi que o custo seja bem pequenininho, ainda mais em vista de relevantes resultados no combate à violência.

A arma? Palavras. Fiquei imaginando uma profusão de dicionários especiais cujos lemários seriam criados para produzir no utente reações não violentas.

Na década de 80, tive a oportunidade de traduzir do italiano as atas do oitavo congresso mundial de musicoterapia, que acabara então de realizar-se na Itália, por solicitação de uma editora. Acabei nem sabendo se esta tradução foi ou não publicada.

Então, a música tem suas propriedades curativas reconhecidas pela medicina, que inclusive a vem prescrevendo não é de hoje como remédio, um remédio como qualquer outro, como qualquer fármaco à disposição de quem sofre seja lá do que for.

O que é que está faltando então para que pessoas devidamente qualificadas e investidas de autoridade encarem com igual seriedade esse tremendo potencial que há nas palavras e está praticamente inaproveitado como recurso no desesperadamente necessário combate a todas as formas e manifestações da violência? Ou para que a própria experiência da Graça se multiplique por quantos dela tiverem conhecimento e a desejem reproduzir no âmbito educativo bem como em vários outros?

Quantos maridos ainda não descobriram quanta coisa pra lá de óbvia dá pra fazer com suas respectivas mulheres e que é incomparavelmente melhor em qualquer sentido inclusive pra eles mesmos do que bater nelas? Quantos filhos inclusive pequenos estão agora vivendo sob um clima de terror justamente em casa, onde se espera eles tenham amor, carinho, e proteção? E não é só a violência doméstica. Tem a urbana, que vem escalando a níveis dificilmente suportáveis para os cidadãos de boa paz. Em resumo, há violência demais por aí, sim. Todos nós sabemos muito bem disso e muitos de nós realmente queremos que assim não seja. Estamos dispostos a fazer o que for possível? A partir do momento que todos responderem sinceramente sim, isto quererá dizer em termos práticos que foi a violência que perdeu. Boa música, boa conduta, uma boa disposição, boas palavras, vale qualquer coisa desde que funcione, certo?

Se a divulgação da experiência singela e bem sucedida da minha amiga Graça puder servir de referência e inspiração para muitas mais outras iniciativas neste sentido, é de se acreditar que ainda chegaremos a resultados realmente satisfatórios em ponto graudo, algum dia. Faço então a minha parte redirecionando meus leitores ao blog Os Botões de Madrepérola. Nada custa visitar o referido blog e ler o post de que falo em

http://botoesmadreperola.blogspot.com/2009/10/nao-violencia-meu-recado-possui-um-teor.html

Quero ver as palavras cumprirem mais este destino, para o bem das gerações que nos sucederão.

50 comentários:

Não à Violência! disse...

Olá!
Muitissimo obrigado pelo comentário e por estar a apoiar o meu blogue também. Adorei o seu comentário e agradeço imenso o seu apoio para comigo, a fim de acabar com a violência.E o que realmente quero. É acabar de vez com toda esta violência. Já ninguém suporta isto. O seu blogue está absolutamente fantástico e obrigada por colocar aí o link onde falam do meu blogue. Está a ajudar imenso. Adorava que toda a gente visitasse o meu blogue, principalmente vitimas de violência, pois tinha imenso gosto em ajudá-las. Estou agora no 10º ano e por isso não tenho muito tempo para ir ao blogue actualizá-lo. Peço desculpa por isso.

Beijinhos e mais uma vez muito obrigada :)

neo-orkuteiro disse...

Para a violência, minha única palavra é sempre Não!
Sua iniciativa de combate-la pela blogosfera merece todo o meu apoio, e sempre terá.
Em paz, muito agradecido de sua visita, volte quando bem queira.
Beijinhos brasileiros

Graça disse...

Neo,
é simplesmente fantástico e divino o que anda acontecendo por aqui, no 'reino da blogosfera'!!!
Você é um defensor da Paz, antes mesmo de ser um estudioso da língua,pois de outro modo não se sensibilizaria tanto com minha iniciativa de ver a violência fora de circulação, apenas com o grande poder das palavras...
Vamos juntos; e obrigada 'pelo apoio e força' é pouco o que tenho a lhe dizer!!
Deus se encarregará do que resta!
Um grande abraço, e olha, quase que não vejo seu comentário... fui editar um post antigo para o Empório, e vi: mas eu tinha deixado com apenas 38, vamos ver quem foi que chegou 'atrasadinho'...
E era você, com essa riqueza.
Vou agora reler seu post, degustá-lo, esmiuçá-lo, e, se quiser e deixar, vou falar dele para os amigos não comuns.
Outro abraço!

neo-orkuteiro disse...

Graça, quem se interessa pelas palavras como promotoras da paz e do entendimento entre pessoas pode muito bem se interessar igualmente por outros aspectos delas, palavras.

Agradeço desde já toda divulgação que você dê ao Lexicografia, que naturalmente prosseguirá analisando dicionários e coisas quejandas.

Recomendados seus de certeza só poderão ser bem vindos aqui ou a qualquer outro espaço virtual meu.

Novo abraço, querida amiga.

Graça disse...

Pois é, neo,
reli e penso como você, que traduziu a ata do Congresso de musicoterapia: se já naquela década se acreditou no poder curador da música, igualmente nós, que trabalhamos com a palavra podemos intentar algo igual ou parecido!!!
Eu creio, sim.
E ainda vou ver algo nesse sentido, ainda mais depois do seu apelo ao sugerir a criação de um dicionário 'específico' para que esse ideal se concretize! Seria maravilhoso.Que tal palavroterapia? não, soou como um palavrão... appelterapia... (deu um branco agora no francês, que vexame...wordterapia... nossa!
Muito grata, amigo também querido e especial.
Se não puder ver os registros antigos deste projeto, coloco em prática novamente (para fins de registro e observação de resultados, uma vez que, conforme eu disse, é um projeto de ação, constante e diário!) e agora ainda mais fortalecido do que nunca.
Grata novamente.
Outro abraço.

neo-orkuteiro disse...

Graça, uma terapêutica basada em palavras! Que maravilha, hein?
Ela bem que poderia ser batizada como "lexicoterapia", este palavrão com raizes gregas como em medicina é corriqueiro, nada sonoroso também, mas que afinal de contas funciona, e isso é o que importa.
Na fase de estudos prévios para viabilização e pesquisa, estarei sempre disposto e disponível para participar com algum contributo, por mínimo que seja.
Sou incondicionamente pela não violência.
E mais outro abraço.

Graça disse...

Estamos hoje a trocar nobres 'figurinhas'...
amei: vai ser batizado de LEXICOGRAFIA e não se fala mais: negócio fechado rsrs.
Vamos iniciar essa pesquisa, o mais breve.
Já falei do seu blog para a Beta, neo.
Mais um abraço!

neo-orkuteiro disse...

Obrigado, Graça, a precursora e inspiradora da lexicoterapia.
Outro abraço

Rosemari disse...

Adorei o termo Lexicoterapia para o projeto da Graça que inclusive, já tive autorização de copiar e trabalhar com ele na clínica.
parabéns aos dois amigos que sensivelmente lutam do mesmo lado.

beijosssss

Beta disse...

Olá!
Este projeto da Graça é realmente maravilhoso!
Tomara que esta idéia e expalhe muito!!

Abraço!

Beta

neo-orkuteiro disse...

Rosemari, parece acertei com a expressão "boa ideia" no título. tudo indica que sim. Agora tenho a certeza de circulação deste neologismo no estado do Paraná, é sério. Todo o sucesso para suas experimentações lexicoterápicas. Isso tudo ainda vai acabar chamando a atenção internacional.
Beijos

neo-orkuteiro disse...

Oi, Beta, seja bem vinda aqui. Já espiei seu Mix Cultural, um blog ao que tudo indica muito bem sucedido, de boa 'visibilidade' na blogosfera.
Ele está ativo contra a violência, assim acabaremos fortes, na união de propósitos. Só os que querem não violência se juntando haverá a força de que necessitamos.
Nós temos a força!
Abraço!

Graça disse...

João,
nos falamos tanto hoje que me esqueci de agradecer o redirecionamento de seus leitores ao meu blog...
Muito grata.

neo-orkuteiro disse...

Não há de quê, Graça

Lu Cavichioli disse...

Cheguei a tempo para ler e degustar o poder da palavra e o crédito de que o se humano ainda tem salvação.
O que vi aqui tocou fundo em mim, e fico feliz em ter amigos comuns que fiz na blogosfera, unindo-se por uma causa atão nobre, tão justa, que grita em todos os cantos desse Brasil.

Vamos nessa queridos, contem comigo.
ultrabeijos

neo-orkuteiro disse...

Beleza, Lu.
Já sabia de antemão que poderia contar com você para ver se freamos tanta violência. É simplesmente lógico.
Oibrigadop pela visita,
ultrabeijos.

Graça disse...

Neo, tenho continuação do meu Projeto (envolvendo outras áreas e disciplinas também) e gostaria muitíssimo de sua opinião!
quando der, por favor, vá até aos meus 'botões', sim?
Um forte abraço!

Graça disse...

Neo,
muito grata por aparecer lá...
Nem quis te falar antes, pois adivinhei que ficaria assustado com o tamanho do post!
Mas como meu blog é educacional, tenho que colocar tudo para as colegas retirarem e colocarem em prática também!
Esse me foi pedido pelas professoras de História e Artes e acabei fazendo tudo que viu!
Sempre penso que, envolvendo civismo, pode haver polêmicas, mas não me incomodo: dou 'a cara a bater'...
O que quis dizer com 2009, amigo?
Acho que o sono apertou agora, fiquei meio lerda...
Pode traduzir para mim, quero ver se entendi...
Um abraço!

neo-orkuteiro disse...

Bem Graça, você já sabe que fui lá, agora. Esqueci foi de retornar aqui.
E comentei seu post. Agora volto lá.

Graça disse...

Neo, "Tecnologia de ponta mais Valores éticos'...
Você já deu outra ideia feliz para mais um subtópico do projeto!
Sabia que nem de leve eu me lembrei que vc poderia ter 'contado as 2009 palavras' através do word???rs
Disfarça, amigo, mas é que eu não fiz o básico de informática, apesar de ter filho e esposo professores de sistema, programação e tudo que é básico e avançado nessa área.
Casa de ferreiro...
Estou grata a você por tudo mesmo, meu querido!!!
Não sei ainda como, mas vamos ao LEXICOTERAPIA, breve.
Abração!

neo-orkuteiro disse...

Acho emocionante, Graça, vislumbrar um futuro para um ramo do conhecimento ainda 'em gestação': a lexicoterapia.

A Rosemari já vem fazendo seus experimentos na clinica, ou seja, a lexicoterapia já existe, em fase incipiente, embrionária. Um pioneirismo que veremos aonde chega, porque estaremos acompahando tudinho, bem de perto.
Tim tim!

Beta disse...

Olá!
Parabéns e obrigada por fazer parte de nossa corrente!
Seu texto já está linkado!

Abraços fraternos.
Beta

neo-orkuteiro disse...

Valeu, Beta!
A violência acabará cedendo ao que for mais forte e maior que ela. Nossa vontade de paz.
Abraços fraternos
João

Graça disse...

Meu querido neo:
TIM TIM

e um abraço carinhoso.

neo-orkuteiro disse...

À nossa saúde, Graça.

gaijin dame disse...

conheça: http://gaijindame.blogspot.com/

Canta AMBiente disse...

Este post é um SHOW com todas as letras e melodias que lhe possam inspirar!!
Parabéns!Tenho um sentimento de que a dissonância cognitiva rola por toda parte entre nós, humanidade.
Abraço para você,
Angélica

mundo azul disse...

__________________________________

Li e gostei! Gostei também do diálogo entre você e a Graça... Pessoas que se preocupam com a paz! Isso nos dá esperança de que tudo pode mudar...


Beijos de luz e o meu carinho!

__________________________________

neo-orkuteiro disse...

Convite aceito, Gaijin.
Já estive por lá.
Um abraço.

neo-orkuteiro disse...

Vê, Amgélica, os propósitos explícitos são harmônicos e solidários. Combatemos a violência em todas as suas formas.
Existe uma violência ambiental, a natureza também vem sendo agredida de várias formas que há que se combater, todas.
Palavras ecologicamente corretas podem servir de alguma coisa, claro.
Abraço solidário

neo-orkuteiro disse...

Compartilharemos sempre de sua esperança, Zélia. tudo pode mudar, e vai, já que tudo muda mesmo. No que dependa de nossos esforços, mudará pra melhor, para benefício nosso e dos nossos sucessores.
Beijos de luz e muito carinho pra você também

Lais Castro disse...

Olá, como é bom ler os seus comentários no meu blog... são sempre muito gentis! Que bom que vc gosta!
Eu tm gosto deste seu espaço...só me falta mais tempo para voltar mais vezes.
No momento, estou em São Paulo, vim alimentar um pouco a minha alma (museus e mais museus).
Até outra hora. Abraço.

neo-orkuteiro disse...

Conto com sua generosidade virtual para compartilhar conosco das incríveis descobertas que você faça em Sampa, Laís. Água na bocaz e contagem regressiva.
Abraço.

Graça disse...

Meu amigo!

Sei que ainda nos veremos algumas vezes antes da Noite Feliz, mas já quero antecipar que desejo a você um Natal realmente 'divisor de águas' em sua vida e na de sua família.
Um grande abraço!!

PS. consideramos deixar para o ano que entra, nossas continuações do Projeto, a fim de que que possa ser retomado com força total.

neo-orkuteiro disse...

Claro, Graça. A magnitude da lexicoterapia agora em fase embrionária é algo que ainda veremos,
não como se fôramos meros espectadores,
mas como geradores.

Ah, águas vão rolar, muitas águas. Assim a vida é.

Grande abraço!

Graça disse...

Neo,

nos meus 'botões' há uns cartões de Natal feitos para amigos virtuais...

esteja à vontade para retirar um pra você ou não...
Há aqueles que apreciam, e
por isso mesmo ofereço a todos, igualmente, meu querido amigo!

Bjsss
Boa semana e mais uma vez: uma linda, saudável e 'pacífica' Noite Feliz!!!

Graça disse...

Neo,

nos meus 'botões' há uns cartões de Natal feitos para amigos virtuais...

esteja à vontade para retirar um pra você ou não...
Há aqueles que apreciam, e
por isso mesmo ofereço a todos, igualmente, meu querido amigo!

Bjsss
Boa semana e mais uma vez: uma linda, saudável e 'pacífica' Noite Feliz!!!

neo-orkuteiro disse...

Pra você também, Graça,
com todos os meus agradecimentos.

Graça disse...

Amigo,

encontrei uma base científica para o nosso LEXICOTERAPIA©!!!

Quando puder, visite os 'botões', está lá. Preciso do seu parecer, a respeito.

Grande abraço!

neo-orkuteiro disse...

Um fato alvissareiro, Graça. Beleza!
Fui lá e já tomei conhecimento.
a palavra que mais forte me imbui neste momento é
o t i m i s m o.
Grande abraço e
Feliz 2010.

Hod disse...

Um Léxico Pacificador!!!
Uma Excelente Idéia.
E "Idéias são como metais que se fundem...."

Contente por seguir O Olhar de Carpe Diem para o Século XXI. O blog movimenta-se pelo Oceano da Conscência Existêncial e Não_Existâncial. Orienta-se Pelo Mérito. Pela Intenção Firme e Correta. Portanto fundamentado nos Princípios Quânticos.
Oportunamente retorno para conhecer cada fractal de seu blog.

Forte Abraço amigo João!!

Feliz 2010.....Feliz Natal!!

Hod.

neo-orkuteiro disse...

Hod, bem vindo. Agradeço-lhe a visita e o seguimento deste blog, ambos de caráter retributivo. A intenção de conhecer detalhadamente o conteúdo do blog é recíproca, bem como os votos de feliz Natal e feliz 2010.
O diálogo está iniciado.
Forte abraço, meu novo amigo.

Graça disse...

Neo, hoje é dia 24... véspera de Natal!!!

Seja feliz hoje e sempre, meu amigo. Vejo que fez novas amizades...
Que bom!

Um grande abraço.

E celebremos o Aniversariante, autor de tudo isso!!!

neo-orkuteiro disse...

obrigasdo, Graça
Tenha também um Natal agradável e feliz na companhia dos seus

Hod disse...

Olá João,
sobrevoando estas atmosferas para desejar-lhe votos de

Feliz 2010....com infitas bençãos.

Alôha com forte abraço do amigo,

Hod.

Graça disse...

Neo,

faltam apenas 20 minutos para a gente conhecer aquele que haverá de ser o melhor ANO de nossas vidas!!!

Tim-tim, meu amigo!
Feliz 00:00!!!
Feliz 2010!!!

Graça disse...

Neo,

faltam apenas 20 minutos para a gente conhecer aquele que haverá de ser o melhor ANO de nossas vidas!!!

Tim-tim, meu amigo!
Feliz 00:00!!!
Feliz 2010!!!

Graça disse...

Neo,

faltam apenas 20 minutos para a gente conhecer aquele que haverá de ser o melhor ANO de nossas vidas!!!

Tim-tim, meu amigo!
Feliz 00:00!!!
Feliz 2010!!!

Graça disse...

Neo,

faltam apenas 20 minutos para a gente conhecer aquele que haverá de ser o melhor ANO de nossas vidas!!!

Tim-tim, meu amigo!
Feliz 00:00!!!
Feliz 2010!!!

neo-orkuteiro disse...

Isso, Graça. Um ano com muitos desenvolvimentos no novo campo da lexicoterapia, e sem dúvida alguma em muitos outros.
Tim-tim, amiga!
Feliz 2010!!!